Pastoral Juvenil

Colégio Maria Auxiliadora

Alegres no Senhor, abertos ao Espírito Santo e de olho na realidade juvenil, queremos uma pastoral, que garanta o encontro pessoal com Jesus Cristo e desenvolva atividades no meio de toda família Salesiana.
Com Dom Bosco, Pai e Mestre da juventude e com a Madre Mazzarello, desejamos oferecer aos jovens o Evangelho da alegria mediante a pedagogia da bondade.
Assim, nossa ação pastoral é fundamentada na síntese da sabedoria pedagógica de Dom Bosco, que constitui a mensagem profética a seus herdeiros, os salesianos, Filhas de Maria Auxiliadora e toda Igreja, concretizando-se em nossa inserção no meio da juventude através de encontros de formação, momentos oracionais, encontros temáticos, catequeses de primeira Eucaristia e Crisma, retiros, encontros vocacionais, aulas de ensino religioso, grupo jovem e o Festival da Juventude Salesiana.
Por conseguinte, numa sociedade marcada por tantos desafios, queremos confiar sempre na vitória do bem e oferecer nosso trabalho pastoral, para que muitos possam encontrar-se com Deus, que é a fonte da verdadeira alegria e felicidade.

A pastoral juvenil é a realização inculturada da missão educativa, dom carismático expresso na experiência de Dom Bosco, de Maria Domingas Mazzarello e na tradição do Instituto. É o modo típico de manifestar a atenção da Igreja para com as jovens gerações, para que Cristo cresça em seus corações e se comprometam em uma cidadania ativa.
A pastoral juvenil se coloca no horizonte eclesial do anúncio do evangelho da alegria e da dimensão social da evangelização (Cf Evangelii Gaudium n. 176-258) no mundo atual. Isto implica uma conversão pastoral que se realiza quando a comunidade educativa se põe na escuta da realidade, abre-se ao diálogo,  torna-se disponível a reler a vida à luz do encontro com Jesus e descobre novamente “os jovens, nossa terra santa”. Conheça mais sobre a Pastoral Juvenil Salesiana: http://pastoral.rsb.org.br/

Desde as origens, Dom Bosco e Maria Domingas Mazzarello tiveram um cuidado especial com a formação. Todas as etapas da formação das Filhas de Maria Auxiliadora são pensadas para responder às necessidades que emergem do pluralismo dos contextos e de situações culturais que estamos vivendo. Na Inspetoria Nossa Senhora Aparecida seguimos as orientações do Projeto Formativo e do âmbito da Formação para realizar as diferentes etapas formativas.Desde as origens, Dom Bosco e Maria Domingas Mazzarello tiveram um cuidado especial com a formação. Todas as etapas da formação das Filhas de Maria Auxiliadora são pensadas para responder às necessidades que emergem do pluralismo dos contextos e de situações culturais que estamos vivendo. Na Inspetoria Nossa Senhora Aparecida seguimos as orientações do Projeto Formativo e do âmbito da Formação para realizar as diferentes etapas formativas.

Desde as origens do Instituto das FMA, tanto Dom Bosco, quanto Madre Mazzarello possuía a intuição de que a Comunicação é algo de extrema importância no processo de educação e evangelização.
Vivendo hoje, um contexto de grandes mudanças, em que as tecnologias da comunicação são elemento do cotidiano de praticamente todas as pessoas, é essencial pensar os processos de Comunicação. É neste sentido que se pode pensar para além dos meios, buscando sempre comunicar vida, esperança e alegria.

O Instituto das Filhas de Maria Auxiliadora é, desde a sua origem, um Instituto missionário, seja a ação cotidiana em qualquer lugar que uma FMA se encontre, seja em uma missão específica a serviço da evangelização e educação dos jovens em terras distantes. Na Inspetoria Nossa Senhora Aparecida temos Irmãs que são missionárias inter e ad gentes, realizamos também Missões Jovens na certeza de que todo cristão é chamado a “Ser Missionário”.

D. Bosco, desde o início, foi propagando sua espiritualidade, com a intenção de envolver, contagiar, convocar outras pessoas e lança-las no campo da educação e evangelização: utopia de formar uma família, proporcional à vastidão e variedade dos empenhos e das competências, aberta a amplas influências, a diferentes participações na unidade da missão, de espírito, de método e com a multiplicação do potencial operativo.
A pertença se alimenta de um espírito comum, que orienta para uma extensa e complementar missão juvenil. A Família Salesiana é atualmente composta por 28 grupos de institutos de vida consagrada e associações de leigos.

Confira nossas Fotos